Sobre a crônica da Danuza Leão (“Ela”, de hoje, 20/01/19, do “O Globo”)

“É muito superficial aquele que não julga pelas aparências” (Oscar Wilde)

“Intuição” é um bom nome para o que em psicanálise se chama de percepção pré-consciente. Pequenos sinais não óbvios, se existe uma motivação poderosa, chamarão a atenção da pessoa. Você fala que não há intuição masculina, mas há, só depende da motivação. Um homem pode ouvir o motor de um carro e dizer “Ih, vai dar problema”. Perguntado o que o leva a pensar assim, responderá: “É o jeitão…” Ele está motivado por um assunto que é de seu total interesse. Minha filha diria sobre o mesmo carro: “Eu vi que ele era azul…” Em outra ocasião, minha irmã me apresentou a um possível futuro sócio dela. Poucos segundos depois eu a chamei num canto e disse “É vigarista!” Por quê? Pelo jeitão. E pelo meu costume de valorizar as sensações mínimas de conforto/desconforto que as pessoas me despertam, e de querer entendê-las, algo muito útil no consultório e na vida em geral.

O prestígio que um homem dá (ou é capaz de tirar de) à mulher eleita é de total interesse dela. Isso a torna extremamente atenta aos pequenos sinais, ao jeitão, que no homem indicam se ele está investindo (ou se está desinvestindo/investindo em outra) nela. Eis porque o ciúme feminino é principalmente de prestígio, ou seja, pode haver ciúmes do futebol e dos amigos dele mesmo se ela tem certeza de que não há sexo envolvido nessas atividades.

Por fim, a história do seu gato me lembrou muito de minha filha, quando o caçula nasceu: era do total interesse dela a atenção que recebia de nós, portanto o bebê novo a perturbava. Eu lhe disse que a coisa esquisita que ela sentia se chamava “ciúme”, e que quando ela sentisse aquilo, que falasse pro pai porque eu ia pegar ela no colo e encher de beijinhos. Era muito bonitinho ver ela chegar para mim e dizer “Pai, tô com ciúme”. Eu cumpria a promessa, ela ficava feliz e tranquila, funcionou muito bem.

Pena que os gatos não falem…

 


Sobre a crônica da Danuza Leão (“Ela”, de hoje, 20/01/19, do “O Globo”)

20/01/2019

// “É muito superficial aquele que não julga pelas aparências” (Oscar Wilde) “Intuição” é um bom nome para o que em psicanálise se chama de [...]


Cura em psicanálise

11/11/2018

Follow @FranciscoDaudt // Cura é um conceito especialmente precioso (e mal entendido) em psicanálise: ela fala de remoção da doença, por certo, mas fala principalmente [...]


Artigos: Psicanálise só existe em países democráticos

25/10/2018

Follow @FranciscoDaudt // A entrevista de Elizabeth Roudinesco para a Globonews traz essa observação: a psicanálise só existiu e prosperou em países onde havia democracia. [...]